Notícias

Corte no auxílio-transporte é boato de quem faz politicagem, diz Rossoni

17/02/2017 | 17h55

 

imprimir comentários


Crédito: Luciomar Castilho

 

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni afirmou nesta sexta-feira (17/02), em Cascavel, que o Governo do Estado está atento ao movimento da economia e adotando medidas que assegurem o equilíbrio das finanças públicas, mesmo que a crise se aprofunde. “O governo tem sido austero para não faltar recursos”, assegurou o secretário durante reunião com prefeitos da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop).

O secretário criticou sindicalistas e políticos de oposição que espalham notícias falsas sobre as medidas que estariam sendo adotadas pelo governo. “A diferença do nosso governo é que não temos facilidade de falsear a verdade”, disse Rossoni. “Poderia ser o rei da simpatia, mas prefiro ser chamado de antipático e falar a verdade”.

Rossoni informou que o governador Beto Richa pediu responsabilidade da equipe e orientou os secretários a não assumir o que não pode ser cumprido. “Não adianta fazer politicagem e prometer o que você não vai honrar”, explicou Rossoni, desmentindo o boato de corte no auxílio transporte de servidores. “Isso é compromisso. Não existe corte”.

 

SERVIDOR - Rossoni disse que tem sido questionado se o atraso de salários em outros estados pode se repetir no Paraná e garantiu que a situação é totalmente diferente. “Nós vamos continuar garantindo o pagamento das nossas obrigações e o salário do servidor público em dia”, afirmou.

O chefe da Casa Civil voltou a dizer que o Estado está disposto a dialogar com o funcionalismo, mas precisa se preocupar com os 11 milhões de paranaenses que contribuíram para o ajuste fiscal do Estado, a partir do aumento das alíquotas de IPVA e ICMS.

“Temos grande respeito pelo servidor público, mas tem 11 milhões de paranaenses que não aguentam mais pagar impostos e precisam dos serviços públicos”, disse. “Então, todos nós temos que fazer uma força tarefa e cada um cumprir com a sua obrigação nesse momento”, declarou o secretário.

 

Comentários

Nenhum comentário registrado para esta notícia. Seja o primeiro!

Destaque

mais notícias

Galeria de Fotos

mais álbuns

Acompanhe



Saiu na mídia



Receba nosso informativo

 

 

mapa do site