Notícias

Governo autoriza início das obras para construção de nova ponte em União da Vitória

26/03/2018 | 15h36

 

imprimir comentários


Crédito: kleyton Presidente

 

O governador Beto Richa e o chefe da Casa Civil Valdir Rossoni darão nesta terça-feira (27) a ordem de serviço da construção de uma nova ponte de União da Vitória, na região Centro-Sul do Estado. O anúncio foi feito por Rossoni neste domingo (25), durante transmissão ao vivo pelas redes sociais.    

União da Vitória é banhada pelo Rio Iguaçu. A nova ponte vai desafogar o trânsito entre o Centro da cidade e o distrito de São Cristóvão, o mais populoso da cidade e onde moram cerca de 25 mil habitantes. Além disso, criará uma nova alternativa de acesso a outros cinco bairros, à BR-476 e à cidade de Paula Freitas.

O governo vai investir na construção da ponte quase R$ 25 milhões – houve uma economia de 25% (R$ 8,4 milhões) em relação ao edital lançado. A previsão de entrega é de dois anos. “Quem tirou União da Vitória do isolamento foi o ex-governador José Richa, quando construiu a primeira ponte na década de 1980. A segunda será construída graças à iniciativa do filho, o governador Beto Richa, e criará um novo eixo de desenvolvimento na cidade. Será um ato histórico e, em nome da população, quero agradecer à família Richa pelo compromisso com o município”, afirmou Rossoni durante a “live”. 

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni, um dos maiores defensores da obra dentro do governo do Estado, comemorou a notícia. “O governo Beto Richa está desatando um nó histórico. A nova ponte vai acelerar o crescimento e mudar para sempre a realidade de União da Vitória”, disse.

Recursos – Durante a transmissão, Rossoni também lembrou outros investimentos que estão atualmente sendo realizados pelo governo estadual no interior. Entre eles, as ligações asfálticas entre Coronel Domingos Soares-Palmas, Irati- São Mateus do Sul e Mato Rico- Pitanga.

Os recursos para o pacote rodoviário foram obtidos numa operação de crédito entre o Governo do Paraná e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovada pelo Senado Federal.

O valor do financiamento, R$ 764 milhões, será aplicado em obras do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, em várias regiões do Estado. O investimento total será de cerca de R$ 1,4 bilhão, sendo R$ 650 milhões (US$ 200 milhões) em contrapartida do tesouro do Estado.

Rossoni lembrou que a liberação dos recursos ficou parada no Senado Federal por muitos anos por causa de perseguições políticas ao governador Beto Richa. “Os recursos ficaram presos no Senado Federal durante o governo petista de Dilma Rousseff. Não fosse isso, as obras já estariam prontas. Mas ninguém mais tira os recursos do Paraná. Eles estão ‘carimbados’ e o próximo governador, seja quem for, terá que investir nesses trechos”, explicou.

A ordem de serviço para a construção da ponte será dada pelo governo às 16 horas, no aeroporto de União da Vitória.

 

Comentários

Nenhum comentário registrado para esta notícia. Seja o primeiro!

Destaque

mais notícias

Galeria de Fotos

mais álbuns

Acompanhe



Saiu na mídia



Receba nosso informativo

 

 

mapa do site