Notícias

Governo do Estado apresenta balanço das realizações de 2017

05/02/2018 | 19h11

 

imprimir comentários


Crédito: kleyton Presidente

 

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni participou nesta segunda-feira (5), em Curitiba, da retomada dos trabalhos da Assembleia Legislativa em 2018. Representando o governador Beto Richa, o secretário fez a leitura da mensagem do Executivo com resumo da situação do Estado. A sessão foi comandada pelo presidente da Casa, deputado Ademar Traiano.

Rossoni explicou que 2017 começou a marcar o fim da recessão econômica que atrasou significativamente o desenvolvimento do país e do Estado por três anos. “Felizmente, a nossa expectativa, hoje, é de que a crise ficou para trás, o país vai retomar o crescimento econômico – quiçá em bases mais sustentáveis - e o Estado do Paraná está numa situação fiscal privilegiada com todas as condições de elevar a sua capacidade de investimento em 2018 e nos próximos anos”, garantiu.

O chefe da Casa Civil também destacou o ajuste fiscal promovido pelo governador Beto Richa. “Devido às medidas de ajuste adotadas em 2014 e 2015, o Paraná foi um dos entes federados menos afetados pela longa crise – não houve aqui atraso no pagamento de salários do funcionalismo e de dívidas públicas, observado em vários estados brasileiros”, disse.

INVESTIMENTOS – A mensagem do governador aos deputados destaca os investimentos realizados pelo Governo do Paraná em programas de transferência de renda para atender 157 mil famílias em situação de vulnerabilidade social, como o Família Paranaense que beneficiou 378 dos 399 municípios.

Na saúde, foram aplicados R$ 3,7 bilhões no ano passado, o que representa 15,6% a mais que em 2016 e 12,7% das receitas líquidas do executivo estadual. Também houve contratualizações com 98 hospitais, o que aumento significativamente o oferta de leitos em todas as regiões do Estado.

Destaque ainda para a criação do resgate aeromédico, a redução da mortalidade materna e infantil, o aumento do repasse aos municípios e dos investimentos em equipamentos hospitalares e no transporte sanitário.

MORADIA E SANEAMENTO – Na habitação, foram 88 empreendimentos com a entrega de 7.370 moradias. Outros 97 estão em execução nesse momento em parceria com prefeituras e governo federal. E ao todo, outras 4.633 casas populares serão inauguradas em breve.

Foto: kleyton Presidente

Em saneamento básico, o investimento foi de R$ 888 milhões na ampliação das redes de esgoto (86 mil novas ligações) e de fornecimento de água tratada (61.380 ligações).

Rossoni também lembrou que cinco das onze cidades com o melhor índice de saneamento do país estão no Paraná: Curitiba, Londrina, Maringá. Cascavel e Ponta Grossa. E que Curitiba é a melhor colocada entre todas as capitais do Brasil.

“Enquanto o índice de saneamento básico nacional é de menos de 50% dos domicílios, no Paraná esse número chega a 71% e aumentará ainda mais com novos investimentos que serão realizados nesse ano pela Sanepar”, disse.  

SEGURANÇA E EDUCAÇÃO – O chefe da Casa Civil também explicou que o Governo do Estado fez um grande esforço financeiro para aumentar os investimentos em segurança pública.

Só no ano passado foram compradas 882 viaturas, contratados de 2,8 mil novos policiais militares além da aquisição de armas e equipamentos modernos. “Isso refletiu diretamente na redução da criminalidade, com 19% a menos no número de homicídios em relação a 206 e aumento no número de prisões”, explicou.

Foto: kleyton Presidente

Rossoni também destacou os investimentos em Educação, como em programas de reforma e ampliação de instituições de ensino. Entre eles, o Escola 1.000 –  onde foram aplicados R$ 100 milhões –, Reparo Rápido e Mãos Amigas.

No próximo dia 28, adiantou Rossoni, será lançado pelo governador Beto Richa o programa Escola Conectada, onde serão investidos R$ 283 milhões para a modernização da informática nas escolas. “Com a compra de computadores, projetores e outros equipamentos e a melhora no sinal de Internet, vamos fazer uma revolução tecnológica nas escolas”, disse ele.

Outro destaque é a autorização, pelo governador Beto Richa, de 100% dos recursos do Fundo Rotativo das escolas, a reforma de mais 400 escolas e 200 Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes).


                                 

 

Comentários

Nenhum comentário registrado para esta notícia. Seja o primeiro!

Destaque

mais notícias

Galeria de Fotos

mais álbuns

Acompanhe



Saiu na mídia



Receba nosso informativo

 

 

mapa do site