Notícias

Governo lança edital da ponte José Richa em União da Vitória

23/11/2017 | 09h24

 

imprimir comentários


Crédito: AEN/PR

 

O governador Beto Richa lançou na noite desta quarta-feira (22), em União da Vitória, região Centro-Sul do Estado, o edital da construção da ponte José Richa, uma antiga reivindicação dos moradores da cidade.

Atualmente, eles contam apenas com uma ponte instalada numa antiga linha férrea para fazer a travessia sobre o rio Iguaçu. 

Mas além de estreita, a estrutura só permite a passagem de um carro de cada vez e apenas no sentido centro-distrito. Para fazer o trajeto no sentido contrário é preciso dar uma grande volta e utilizar outra ponte, a Domício Scaramella.  Além de causar enormes engarrafamentos, a falta de outro acesso dificulta a vida dos moradores e o desenvolvimento da cidade.

O maior fluxo de veículos acontece pela manhã, após o almoço e no fim do dia, quando os motoristas ficam até mais de uma hora aguardando travessia. Aproximadamente 25 mil pessoas moram em São Cristóvão e muitos trabalham no Centro.  Com a nova ponte, o percurso será feito em no máximo dez minutos.

Infraestrutura – Ao todo, o governo vai investir pouco mais de R$ 32,9 milhões na nova ponte, que será construída paralelamente à ponte de ferro. Está passará a ser utilizada somente por pedestres e ciclistas. A nova estrutura terá 492,8 metros de extensão por 13 de largura. Além disso, acessos à ponte serão modificados e revitalizados. Em São Cristóvão, a ideia é que as avenidas Paula Freitas e Abilon de Souza Naves formem um binário e o centro delas seja transformado num parque linear com pistas de caminhada e ciclofaixas.

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni, um dos maiores defensores da obra dentro do governo do Estado, comemorou a notícia. “O governo Beto Richa está desatando um nó histórico. A nova ponte vai acelerar o crescimento e mudar para sempre a realidade de União da Vitória”, afirmou.  

Investimentos - O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni, lembrou que mais de R$ 330 milhões do Governo do Estado já foram aplicados em União da Vitória desde 2011. Os recursos foram destinados para obras e ações nas áreas da saúde, habitação, educação, desenvolvimento urbano, energia e saneamento. O município recebeu viaturas policiais, ambulâncias, veículos para transporte sanitário.

Em União da Vitória, o programa Escola 1000, que repassa recursos para reforma e melhoria em escolas estaduais, atende a 11 colégios do município. Outras ações estão previstas, ou já em execução. O Governo do Estado vai municipalizar a avenida Manoel Ribas, trecho urbano BR-476, que era federal e agora é estadual. Isso atenderá ao projeto da prefeitura de torná-la urbana.

Dentro do pacote (de R$ 2,3 bilhões) para conservação de rodovias estaduais do Paraná, a região de União da Vitória terá recuperação profunda de 214 quilômetros e obras de conservação de rodovia em 300 quilômetros. O investimento soma R$ 96 milhões.

 

 

Comentários

Nenhum comentário registrado para esta notícia. Seja o primeiro!

Destaque

mais notícias

Galeria de Fotos

mais álbuns

Acompanhe



Saiu na mídia



Receba nosso informativo

 

 

mapa do site