Notícias

Governo vai reforçar segurança em Pinhão

14/11/2017 | 17h08

 

imprimir comentários


Crédito: Kleyton Presidente - Casa Civil

 

O chefe da Casa Civil se reuniu nesta terça-feira (14), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, com vereadores, comerciantes e representantes das polícias militar e civil de Pinhão, na região Central do Estado, para discutir medidas para reforçar a segurança do município.

Durante o encontro, o segundo realizado neste ano para tratar do aumento da violência na cidade, o secretário ouviu um relato das ocorrências. O que mais preocupa a comunidade atualmente é o aumento nas invasões de propriedades, roubo de gado, agrotóxicos e também de homicídios, que aumentaram significativamente.

A Polícia Militar de Pinhão conta hoje com 13 policiais e duas viaturas. Já a Civil, com dois escrivães, quatro investigadores e um delegado.

Segundo o aspirante Antônio Melo Júnior, novo comandante do 4 º Pelotão de Pinhão, nas últimas semanas foi criada a patrulha rural no município. “Pinhão tem uma grande área rural e enfrenta problemas agrários. Mas nas últimas operações concentradas, conseguimos prender três pessoas foram presas, e apreender cinco armas de fogo”, explicou.  

O chefe da Casa Civil determinou, a pedido do governador Beto Richa, que uma nova viatura e mais dois policiais militares sejam enviados para o município para ajudar no combate à violência. “Estamos procurando fazer um esforço para atender bem os moradores de Pinhão e devolver a eles a tranquilidade para viver e trabalhar em paz”, disse Rossoni.  

Também participaram da reunião os deputados estaduais Cristina Silvestre, Bernardo Carli, Artagão Junior e Hussein Bakri.

Foto: Kleyton Presidente - Casa Civil

  

Foto: Kleyton Presidente - Casa Civil

 

Foto: Kleyton Presidente - Casa Civil

 

Comentários

Nenhum comentário registrado para esta notícia. Seja o primeiro!

Destaque

mais notícias

Galeria de Fotos

mais álbuns

Acompanhe



Saiu na mídia



Receba nosso informativo

 

 

mapa do site