Notícias

Rossoni agradece Richa pela confiança em seu trabalho

26/03/2018 | 16h31

 

imprimir comentários


Crédito: Orlando Kissner/ANPr

 

O governador Beto Richa anunciou nesta segunda-feira (26) sua desincompatibilização do cargo no próximo dia 06 de abril. O comunicado foi feito em reunião administrativa com secretários e gestores de empresas, autarquias e outros órgãos do Estado, no Palácio Iguaçu. A vice-governadora Cida Borghetti assume o Poder Executivo a partir do dia 7 de abril.

“Saio de cabeça erguida, com a certeza de que cumpri a minha obrigação enquanto gestor público. Em todas as áreas, o Paraná merece destaque nacional”, prosseguiu Richa em sua explanação aos membros do governo, sustentando que este reconhecimento vem de instituições internacionais como a agência de classificação de risco Fitch e do grupo Financial Times. “O Paraná é um canteiro de obras e um dos estados mais competitivos do País”, disse.

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni agradeceu o governador Beto Richa pela confiança em seu trabalho. “Dentro das minhas dificuldades e limitações, fiz tudo o que estava ao meu alcance para fortalecer a parceria do governo com os prefeitos e ajudar a melhorar a vida dos paranaenses em cada município. Acredito que o trabalho foi bem executado e quero agradecer ao governador pela confiança no meu nome para realizar essa tarefa”, disse.

Rossoni também afirmou que a interlocução entre o poder executivo e o legislativo foi perfeita durante o período em que ele comandou a pasta. “No exercício de coordenação sempre tive o apoio de todos. E não posso deixar de agradecer ao presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano, ao líder do governo, deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, e a toda equipe liderada pelo governador Beto Richa”, afirmou.

Durante a transmissão ao vivo pelo facebook no domingo, o secretário já havia comentado sobre o trabalho que desenvolveu na Casa Civil. “Atendi os 399 municípios com os recursos liberados pelo governador. Sentei com todos os prefeitos e discutimos um plano de ação para cada município. Não há hoje nenhum município que tenha recebido menos de R$ 1 milhão do governo a fundo perdido”, explicou.

Rossoni também destacou o trabalho de reaproximação do governo com professores e, principalmente, com diretores de escolas e chefes de núcleos regionais de educação. “O diálogo estava interrompido e conseguimos reestabelecer o entendimento. Sem eles, não teríamos conseguido conquistas importantes como os programas Escola 1.000, Reparo Rápido, Mães Amigas, Escola Conectada e aumento de 100% do fundo rotativo. A agilidade da equipe do Instituto Fundepar também foi determinante para isso”, afirmou.  

Mais informações:

http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=97703&tit=Richa-anuncia-desincompatibilizacao-do-Governo-do-Estado

 

Comentários

Nenhum comentário registrado para esta notícia. Seja o primeiro!

Destaque

mais notícias

Galeria de Fotos

mais álbuns

Acompanhe



Saiu na mídia



Receba nosso informativo

 

 

mapa do site